Como ser positivo no Youtube?

setembro 06, 2017

Estou a fazer este post a pedido de uma subscritora minha. Tinha-lhe prometido em vídeo mas ao pensar melhor sobre o assunto acredito que não teria assim tanto para dizer.

Na realidade esta pergunta prendeu-me muito a atenção porque é algo com que me debato constantemente. Por isso, com este post quero dar-vos o mau e o bom do youtube e a resposta final.


O MAU

A meu ver para sermos positivos (no que diz respeito ao Youtube) temos que aceitar o que há de mau nesta plataforma.

Primeiro que tudo temos que ter consciência de que é uma rede social super saturada, existem imensos canais criados todos os dias. Submergir no meio desta confusão toda é bastante complicado e dá imenso trabalho.

Segundo, por vezes o progresso leva o seu tempo. E isto é o que nos desmotiva a maior parte das vezes. Causa algumas lágrimas de frustração e requer alguns dias de pausa mas passa.

Terceiro, há sempre a possibilidade das pessoas serem ofensivas para nós. Este foi um medo constante que eu tive ao iniciar o canal. "E se gozam...?" e "E se comentam...?". 

Irão sempre existir dias em que não nos apetece gravar nem editar vídeos. Há aquele dia em que estás a editar o vídeo e ficas desmostivado porque não está a correr bem ou porque simplesmente não estás a gostar do resultado final. Mas é aqui que entra a parte boa do youtube!

O BOM

Nos dias em que me pergunto porque tenho um canal, porque me dou ao trabalho visto que sou só mais um peixe no mar, penso nos meus subscritores e no apoio e carinho que me dão. 

Trabalhar no Youtube requer imensa paixão e dedicação e quando menos esperamos vemos um sinal de que estamos num bom caminho e que estamos a fazer um bom trabalho. E isto já me aconteceu imensas vezes, um comentário, uma oportunidade que me fez voltar a focar no meu trabalho.

As opiniões más existirão sempre. Por vezes as pessoas são cruéis o suficiente para tentar arrastar-nos para baixo, mas há o lado positivo: o botão de apagar. Vozes destas não merecem resposta, caso contrário, acabamos por incentivar a persistirem com este comportamento. Ignorar todas as críticas que não sejam construtivas é um dos meus conselhos. 

Uma outra coisa boa é que apesar de sermos imensos no Youtube há espaço para sermos diferentes uns dos outros e há espaço para o sucesso de todos!

E COMO EU SOU POSITIVA?

Eu sou apologista de que boas energias atraem boas energias e é nessa base que fundamento o meu trabalho no youtube e na minha comunidade de subscritores. Nunca tentei ser algo que não sou, aliás tento transmitir às pessoas que me seguem a versão mais aproximada da Ana real. Tento também, retribuir o apoio dos meus subscritores o melhor que consigo. Sinto que merecem, sinto que é importante para mim fazê-lo.

Um ponto crucial para ser positivo é: não comparar o nosso canal com outros. Cada canal é um canal. Há pessoas que quando chegam ao Youtube já têm uma base sólida de seguidores e outros que não. Há imensos factores e circunstâncias que afetam o crescimento de um canal mas a realidade é que com esforço e dedicação tudo se consegue. 

Uma coisa que sinto que também é bastante importante é: não ligar tanto aos números. E isto é algo sério. Andamos sempre fixados naquele número grande e bonitinho, que nos esquecemos das pessoas que já se juntaram a nós. Eu apercebi-me disto quando cheguei aos mil subscritores. Mil subscritores pode parecer um número tão pequenino mas vocês conseguem imaginar mil pessoas? É imensa gente.

Por fim tento sempre apoiar outros Youtubers, com um comentário ou outro, um like. Coisas pequenas que fazem a diferença. Criar uma atmosfera positiva e de interajuda invés de uma competitiva é algo que sinto que todos nós (youtubers) devíamos praticar.


Antes de terminar este post  queria só deixar uma quote que acompanha o meu trabalho:
"Start where you are. Use what you have. Do what you can" - Arthur Ashe

Espero que este post ajude realmente alguns por aí que, por vezes, ficam mais em baixo. Todos nós temos dias desses, mas pensem no que há de bom e façam o melhor que conseguirem! Trabalhem com muito "amor à camisola" e tudo correrá bem!

You Might Also Like

6 comentários

  1. Acho que esta publicação resume e remata muito bem as nossas conversas. Especialmente no que diz respeito ao números...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Principalmente no que diz respeito aos números, eu sei...

      Eliminar
  2. Gostei muito deste post, super útil.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso Ana, acho este post super importante. É triste a forma como todos se atacam nas redes sociais só porque x tens mais sucesso que y e estamos cada vez mais agarrados a números que não passam disso, números. Obrigada por expores a tua opinião e experiencia pessoal <3
    Beijinhos
    http://wallflowerbyines.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo, as pessoas não deviam invejar tanto o sucesso dos outros, deviam antes inspirar-se nele e criar objetivos e trabalhar para os alcançar!
      Curioso que no outro dia estava apensar nisso mesmo: números. A nossa sociedade é resumida a isso: números dos que nascem, dos que morrem, a idade, números de zeros na conta bancária, etc. É triste porque reduz a nossa vivência quase a um ponto de insignificância... Enfim fico feliz por teres gostado deste post! Beijinhos!

      Eliminar